Made in China? Aqui não!

Fundada oficialmente em 1962, nestes mais de 50 anos de atuação a Irmãos Perfeito cresceu e teve de se reinventar e inovar para enfrentar a concorrência chinesa. A empresa venceu a batalha e conquistou seu espaço como fornecedora de grandes grifes mundiais


01/07/2015 - Revista Desenvolve SP - 3ª edição - Págs. 20 e 21

Made in China? Aqui não!

Há mais de 50 anos produzindo botões, a Irmãos Perfeito teve de se reinventar para enfrentar a concorrência e continuar a crescer

Quando o marceneiro profissional João Perfeito começou a fazer botões a mão na década de 1950, nunca poderia imaginar que daria origem a uma das empresas mais tradicionais do ramo. Fundada oficialmente em 1962, nestes mais de 50 anos de atuação a Irmãos Perfeito cresceu e teve de se reinventar e inovar para enfrentar a concorrência chinesa. A empresa venceu a batalha e conquistou seu espaço como fornecedora de grandes grifes mundiais.

A história da Irmãos Perfeito começa quando o patriarca João Perfeito viu na necessidade do mercado de moda dos anos 1950 uma oportunidade. Para suprir parte da grande demanda por pedidos de botões de madeira, João passou a confeccionar sozinho e de maneira totalmente artesanal uma a uma as encomendas solicitadas pelas casas de alta costura da época.

Com a morte de seu João, no início dos anos 1960, os filhos Antônio e Edvalde assumiram os negócios do pai e deram continuidade a seu legado empreendedor. Atualmente a gestão da empresa caminha para a quarta geração da família, de origem italiana. Os primos Walter Perfeito e Edvalde Perfeito Júnior estão no comando dos negócios atualmente, mas os filhos de Walter, Priscila e Walter Júnior, já estão inseridos nas rotinas da empresa para que possam, futuramente, dar continuidade às atividades do empreendimento familiar.

Nos primeiros anos da indústria, a clientela era formada basicamente por pequenas confecções e butiques que logo se tornaram fiéis aos produtos da empresa. Hoje a Irmãos Perfeito tem uma carteira com mais de 1.500 clientes, entre eles marcas renomadas no setor de moda como Colcci, Ellus, Aramis, Sibéria, VR, Renner e Riachuelo. Para chegar a esse reconhecimento, porém, foi preciso planejamento e investimento. Desde o início em busca de crescimento cada vez maior, aos poucos a empresa foi apostando em materiais diversificados e em sistemas modernos de fabricação. Atualmente máquinas importadas de última geração funcionam 24 horas por dia sob a atenção de 126 funcionários que se revezam em três turnos diários para dar conta do ritmo de produção.

Walter Perfeito, presente no negócio da família há mais de 40 anos, revela que a expansão da empresa é fruto da mistura de oportunidade, ousadia e planejamento. “Foi uma somatória de tudo: planejamento, necessidade do mercado e de criar produtos. Tínhamos de fazer alguma coisa diferente, então nós desenvolvemos novos artigos para a indústria de confecção”, afirma o diretor financeiro.

Atentos às exigências voláteis do setor, expandiram o catálogo de produtos da Irmãos Perfeito para além dos botões de madeira, e hoje eles são feitos também de madrepérola, casca de coco, resina, entre outros materiais, sem contar o desenvolvimento destinado a artigos para calçados, acessórios de moda e itens para indústrias em geral.

Com o aumento da demanda, precisaram investir em maquinário para expandir a produção. Foi aí que eles procuraram a Desenvolve SP. “Adquirimos uma máquina em financiamento de longo prazo, em que não nos descapitalizamos, e a carência ajudou no planejamento”, diz Walter. “O processo foi fácil, rápido e muito prático. O crédito foi fundamental para a expansão da empresa.”

Para se manter competitivo, Walter afirma que é preciso “pensar fora da caixinha, fazer coisas diferentes, desenvolver coisas novas”. E a Irmãos Perfeito segue à risca essa filosofia. Para inserir produtos novos no mercado, a empresa realiza uma série de pesquisas que envolvem estudos sobre a necessidade do cliente, cores, temas de grande interesse, tendências do segmento, entre outros aspectos.

Essa busca por estar sempre atualizada é peça fundamental para a competitividade que mantém a Irmãos Perfeito com destaque no cenário em que atua. Outro ponto que a empresa aponta como diferencial é o relacionamento personalizado dedicado a seus clientes. Para estreitar esse relacionamento participam de eventos, aproximando seus produtos do público-alvo, e medem a satisfação dos clientes por meio de pesquisas de campo, sempre visando à fidelização do consumidor.

Após um período conturbado há cerca de três anos, em que a procura por produtos importados da China a preços bem mais baixos tirou parte da clientela da empresa, a Irmãos Perfeito está restabelecendo seu crescimento. Analisando a produção do artigo carro-chefe no último ano, foram fabricados mais de 30 milhões de botões, número que pretendem superar em 2015. “A gente tem, para este ano, meta de crescimento em torno de 10%, investir em feiras e estar mais perto do cliente”, revela Walter.

Uma medida que pode ser vista como parte da reestruturação para se adequar ao abalo que a invasão chinesa provocou está na mudança do local da sede. Depois de 52 anos em São Paulo, a Irmãos Perfeito está de mudança para Jundiaí, no interior paulista. Com aproximadamente 400 mil habitantes, Jundiaí detém status de 9° maior PIB do Estado e o de 24° do País, segundo a Fundação Seade.

A transição após tanto tempo pretende melhorar também o que é orgulho para a Irmãos Perfeito: ser reconhecida pela eficiência em gestão. Segundo Walter, a sede da nova fábrica tem uma planta mais ampla e moderna que a atual. A nova casa está alinhada a questões sustentáveis, como o reaproveitamento da água de descargas industriais e a melhoria na qualidade de vida para os funcionários.

Essas mudanças são reflexo do que a Irmãos Perfeito espera e daquilo em que acredita. Para Walter, não pode haver acomodação, é preciso estar sempre em movimento e trabalhar com o pensamento de que o melhor momento da empresa está por vir. “Não tem um boom porque você fez alguma coisa mágica. Todo dia é um dia novo, um processo novo que vai se desenvolvendo.

Fonte: http://www.desenvolvesp.com.br/comunicacao/revista-desenvolve-sp/revista-desenvolve-sp-edicao-3/


Receba notícias e informações sobre o Canal do Empresário