7 dicas para manter uma sociedade saudável

Sociedade é como um casamento, e como todo casamento, não é algo tão simples de administrar. Confira aqui algumas dicas para manter essa relação saudável e fazer sua empresa funcionar da melhor forma


23/10/2018 - Canal do Empresário

O caminho para abrir um empreendimento exige muita preparação e estudo mas muitas vezes, nessa fase, um obstáculo acaba tornando-se evidente: a falta de capital. É a partir dessa constatação que muitos empreendedores optam por buscar um sócio investidor para o seu negócio. Mesmo em um modelo de sociedade igualitário, no qual capital e força de trabalho sejam divididos da mesma forma, sociedade é como um casamento – e como todo casamento, não é algo tão simples de administrar.

Cada empresário tem sua visão de negócio e traz diferentes experiências profissionais para empresa. A princípio, isso pode não ser um problema mas a longo prazo surgem aquelas diferenças ideológicas e desentendimentos que muitas vezes desgastam essa relação e acabam impactando nos negócios – podendo até causar uma ruptura definitiva em algo que parecia tão promissor..

Confira aqui algumas dicas para manter uma sociedade saudável e fazer sua empresa funcionar da melhor forma:

01 – Antes de entrar na sociedade, analise a postura profissional, comportamental e psicológica do seu futuro sócio. Procure parceiros com visão de negócios e ideais que se alinhem com a sua visão e seus ideais – e que não levam críticas e opiniões divergentes para o lado pessoal.

02 – Mantenha uma relação de confiança e transparência. Mesmo em situações de divergências de opiniões, nunca trate dessas questões na frente de fornecedores e clientes. Conversem reservadamente sobre os porquês de cada opinião e cheguem a uma decisão conjuntamente e de forma amigável.

03 – Tenha funções bem definidas e não invada o espaço delimitado para atividades dos seus sócios. Permita que eles tenham autonomia em suas respectivas funções.

04 – Estipule a remuneração de cada um. Antes de começar o negócio, determine detalhadamente como será a retirada mensal e anual de cada um dos sócios. O mesmo ocorre na divisão dos lucros ou na reaplicação dos valores. Procure fazer investimentos de forma igualitária.

05 – Estabeleça regras claras – principalmente em uma sociedade com familiares ou amigos. Ao mesmo tempo que a intimidade pode contribuir em alguns aspectos como tomada de decisões, ela também pode ser um obstáculo em momentos mais delicados.

06 – Diálogo sempre. Mesmo que conheça bem a opinião e a forma de se comportar dos seu(s) sócio(s), procure não fazer presunções. Fale de forma clara e honesta sobre operações, projetos, decisões e mudanças de comportamento.

07 – Crie uma agenda de reuniões periódicas entre os sócios para que todos possam discutir, inclusive, as insatisfações. Não adie resoluções de problemas: postergar demais um desentendimento pode ser uma bomba relógio dentro da sua empresa.


Receba notícias e informações sobre o Canal do Empresário