5 estratégias para uma gestão sustentável

Mais do que investir em programas pontuais para constarem em relatórios e aparecerem em campanhas de marketing, a gestão sustentável deve trazer impactos realmente sólidos e positivos para o mundo e para própria empresa


22/11/2018 - Canal do Empresário

Quando o conceito de sustentabilidade começou a despontar lá em meados dos anos 1990, muitas empresas correram para adaptar-se a esse novo conceito e adotar medidas ecologicamente corretas: programas de reciclagem, campanhas de plantio de árvores e trabalhos voluntários foram algumas das ações adotadas. Essas medidas são muito válidas e positivas, entretanto, passados 20 anos, percebeu-se que o conceito de empresa e gestão sustentável é algo muito mais amplo.

Mais do que investir em programas pontuais para constarem em relatórios e aparecerem em campanhas de marketing, a gestão sustentável praticada hoje pelas empresas deve trazer impactos realmente sólidos e positivos para o mundo e para própria empresa. Sustentabilidade implica em economia e, consequentemente, no aumento da margem de lucro.

Escolhemos algumas estratégias de gestão sustentável para que você possa adotá-las na sua empresa:

01 – Conheça a sua cadeia produtiva – bem como sua rede de parceiros e empreendedores. Mais do que apenas saber se um determinado fornecedor está apto para cumprir prazos e entregar a demanda, é preciso saber também como ele fará isso. Falhas nos processos de fornecedores e parceiros podem impactar sua empresa diretamente e de forma negativa.

02 – Utilize máquinas e equipamentos econômicos e com selos de qualidade. O investimento inicial pode ser mais alto, mas a economia de consumo de energia a longo prazo fará a diferença. De preferência, instale sensores que ajudam a fazer esse controle.

03 – Desenvolva ações de capacitação para toda a equipe – incluindo parceiros e fornecedores. Incentive ideias inovadoras.

04 – Invista em vistorias periódicas e na revisão de processos de risco – se esse for o caso da sua empresa. Uma falha mecânica ou um mero descuido podem causar danos irreversíveis para a empresa, para os funcionários e até para o meio ambiente. Na maioria das vezes, grandes danos ao meio ambiente, por exemplo, poderiam ter sido evitados com medidas simples e pouco onerosas.

05 – Estabeleça acordos de cooperação mesmo que seja com um “concorrente”. Se existem interesses comuns às empresas do mesmo segmento e é possível colocar a concorrência de lado para implementar medidas conjuntas que sejam positivas para ambas, por quê não?! Ações colaborativas, além de terem um apelo positivo com o público, também podem trazer economia de recursos e ampliar as vendas de todos os lados.


Receba notícias e informações sobre o Canal do Empresário