Startup brasileira cria plataforma para avaliação de empresas


23/01/2014 - Portal Pequenas Empresas Grandes Negócios

Funcionários cadastrados na Love Mondays dizem, anonimamente, como é trabalhar em determinada companhia

Por Adriana Fonseca

A startup brasileira Love Mondays, uma das selecionadas pelo Start-Up Brasil, foi a vencedora do Latin America start-up challenge, competição que reúne cinco equipes entre as mais dinâmicas da região para que apresentem seus negócios a um painel de investidores e empresários. “A Love Mondays ter sido escolhida como vencedora significa que a comunidade de investidores e empreendedores realmente acredita que temos uma proposta inovadora, que criamos valor para nossos clientes e usuários e que temos uma equipe qualificada para atingir o grande potencial de crescimento”, afirma Luciana Caletti, CEO e uma das fundadoras do negócio.

A plataforma, que permite aos funcionários avaliar de forma anônima as empresas nas quais trabalham, surgiu a partir da percepção dos sócios – a brasileira Luciana e os irlandeses David Curran e Shane O’Grady – de que só costumamos saber como realmente é trabalhar em uma empresa após começar a trabalhar lá. “E isso envolve passar por um longo processo de seleção, uma negociação árdua sobre o seu futuro salário e às vezes até mesmo mudar de cidade para iniciar o emprego. Após tudo isso, às vezes acontece o que você mais temia: a empresa não é nada do que você pensava”, diz Luciana.

O objetivo da plataforma, segundo a empreendedora, é evitar esse tipo de situação – tanto para profissionais quanto para empresas. “Queremos ajudar profissionais a entender como realmente é trabalhar nas empresas antes de aceitarem uma proposta de emprego”, afirma.

A versão atual do Love Mondays está no ar há pouco mais de um mês. Antes disso, havia uma versão “light” para testar o mercado e o engajamento dos usuários.

Luciana não abre os números, mas diz que já há centenas de empresas avaliadas na plataforma. “Vamos investir significativamente em crescer a comunidade e o número de avaliações em 2014”, diz a empreendedora. “Nossas metas em termos de usuários e avaliações dependem do investimento que atrairemos para a startup.”

A receita da startup virá das empresas, que pagam para atrair, engajar e recrutar profissionais através da plataforma.

Fonte: http://revistapegn.globo.com/Banco-de-ideias/Servicos/noticia/2014/01/startup-brasileira-cria-plataforma-para-avaliacao-de-empresas.html


Receba notícias e informações sobre o Canal do Empresário


Planeje seu investimento

Site cria logos para micro e pequenos negócios

Pioneiro em competição criativa no país, We Do Logos é alternativa para quem quer ter identidade visual profissional sem gastar muito