Empresas de economia criativa também podem (e devem) buscar crédito para crescer


31/01/2019 - Desenvolve SP

O mercado cultural brasileiro é vasto, produtivo e efervescente. Atualmente, o setor da Economia Criativa é responsável por 2,64% do PIB do País e concentra um potencial de crescimento gigantesco, sendo que a profusão de negócios com foco em atividades culturais e criativas se multiplica a cada ano.

Atuando em diversos segmentos, como artes cênicas, audiovisual, animação e games, design, moda, conteúdo editorial, música, museus e patrimônio, gastronomia, entre outras, as empresas do setor da Economia Criativa promovem impacto direto sobre a geração de renda, emprego e exportações.

Para estimular ainda mais a expansão deste segmento, existem instituições financeiras de fomento, como o BNDES, que oferecem linhas de crédito com condições muito mais atrativas do que os bancos tradicionais. No Estado de São Paulo, quem desempenha esse papel é a Desenvolve SP, a agência de desenvolvimento do governo paulista.

“Sobretudo para as PMEs, buscar opções de crédito com taxas de juros mais atrativas e prazos mais extensos é uma excelente estratégia para crescer de forma planejada. O empreendedor formal do setor criativo deve ter em mente que também pode e deve buscar recursos que melhor se adéquam a natureza e necessidade do seu negócio”, diz Rafael Bergamaschi, gerente de negócios da Desenvolve SP.

Ainda segundo Bergamaschi, a Desenvolve SP está à disposição para receber e orientar empreendedores sobre como as linhas de crédito da instituição podem ajudá-los. “Nosso objetivo é incentivar a rica diversidade cultural presente no Estado para impulsionar o desenvolvimento da economia”, completa.

Para solicitar um financiamento na instituição, a PME deve estar sediada no Estado e ter faturamento anual entre R$360 mil e R$300 milhões. Veja abaixo algumas das opções de crédito da Desenvolve SP que podem atender demandas de empresas ligadas a economia criativa:

  • Linhas para inovar

Normalmente são as mais buscadas por empresas que atuam no ramo de tecnologia e produção de Softwares. A agência dispõe de quatro diferentes linhas que atendem projetos inovadores com taxas de juros a partir de 0.33% a.m e prazo de até 120 meses para pagar, sendo 2 anos de carência.

  • Linhas para equipar a sua empresa

Nessa categoria, os financiamentos mais frequentes costumam ser para empresas como, por exemplo, do segmento de moda e confecções, joias e afins, que precisam comprar maquinário para investir na produção. Atualmente, quatro linhas de crédito atendem projetos com essa finalidade, sendo que três delas podem atender melhor às necessidades de empresas ligadas a economia criativa. As taxas de juros também começam em 0.33% a.m e o prazo é de até 84 meses.

  • Projetos sustentáveis

Empresas com atuação nos diversos segmentos da economia criativa também podem investir em itens e processos ecologicamente sustentáveis por meio das linhas de crédito que financiam projetos de economia verde. Nessa categoria, os empreendedores podem solicitar recursos, por exemplo, para compra de placas fotovoltaicas que auxiliem na economia de energia e otimização de recursos da produção, ou também para investir em sistemas que gerem a redução do consumo de água de um restaurante. São infinitas as possibilidades de projetos do gênero. Nessa categoria, as taxas de juros ficam em 0,17% e o prazo também de até 120 meses.

 

Sobre a Desenvolve SP 

A Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista é a instituição do Governo do de São Paulo que financia, por meio de linhas de crédito de longo prazo, o crescimento planejado das pequenas e médias empresas e municípios paulistas. Em nove anos de atuação, a Agência ultrapassou a marca de R$ 3,2 bilhões em financiamentos impactando diretamente na geração de emprego e renda em todo Estado. Para saber mais sobre a instituição acesse www.desenvolvesp.com.br

 

Assessoria de imprensa | DESENVOLVE SP
Rua da Consolação, 371 |Cep: 01301-000 – Centro – São Paulo – SP
Tel: (11) 3123- 0448|6077|1463|6052| e-mail: imprensa@desenvolvesp.com.br


Receba notícias e informações sobre o Canal do Empresário