Se especializar é a chave para crescer


28/11/2018 - Canal do Empresário

Se a qualificação e o conhecimento técnico da área na qual atua é importante na vida de qualquer profissional, para o empreendedor essa realidade não é diferente. Por mais que exista um planejamento e uma equipe para dar suporte ao novo empreendimento, é preciso que os responsáveis pela empreitada tenham uma capacitação adequada para entender e dominar o mercado no qual pretendem atuar.

Cursos de áreas e específicas e coaching são alguma das alternativas procuradas por novos empreendedores. Além disso fazer uma imersão de leitura em livros sobre o segmento do seu negócio e empreendedorismo – de uma forma mais ampla – também ajuda nesse processo.

Outra dica muito adotada por profissionais da área são as metas SMART (palavra da língua inglesa que significa esperto), uma ferramenta que tem o objetivo de definir metas construídas de forma a se considerar 5 atributos: S (Specific – Específico), M (Measurable – Mensurável), A (Achievable – Atingível), R (Relevant – Relevante) e T (Time – Temporal).

Tratam-se de aspectos muito importantes para criar um plano de negócios viável, mais assertivo e que leva em consideração os cenários e o contexto na qual a empresa estará inserida.

Com base nessa ferramenta, o empreendedor pode fazer uma espécie de checklist, por meio do qual ele verifica se cada uma das metas têm as premissas necessárias para serem atendidas. Professores, coachings e mentores de negócios costumam indicar que o que não pode ser medido não pode ser melhorado. Portanto, use todas as ferramentas disponíveis para ampliar seus horizontes, qualificar e quantificar os melhores resultados para o seu negócio.


Receba notícias e informações sobre o Canal do Empresário