O segredo do sucesso


07/12/2018 - Revista Desenvolve SP - edição 6

Marcio Oliveira, CEO da DM9DDB, é a personificação do executivo moderno – consegue resultados no trabalho, mas não deixa que a rotina puxada atrapalhe sua vida pessoal

Por Thalita Pires

Esqueça o estereótipo do executivo que se dedica 24 horas por dia à empresa, como se isso fosse sinônimo de comprometimento. Os novos líderes dão tanto valor à vida pessoal quanto às conquistas profissionais. “Esse equilíbrio não é mais opcional, é fundamental. Se você não está centrado, explode”, argumenta Marcio Oliveira, de 45 anos, CEO da agência de publicidade DM9DDB – uma das maiores do país e que já ganhou mais de 100 leões no prestigiado Festival de Cannes. “Hoje, a academia é tão importante quanto o plano de saúde. Checar os e-mails é tão importante quanto a leitura de um livro antes de dormir”, acredita.

Oliveira é a personificação dessa mudança de mentalidade no mundo corporativo. Ele tem como inegociáveis os momentos com a família, para a prática de esportes e para acompanhar as tendências culturais. Mesmo com os desafios de mudar de empresa, pois deixou o comando da Lew’Lara\TBWA para assumir a presidência da DM9DDB no início de 2018, ele não perdeu de vista que um de seus trunfos é justamente o bom gerenciamento do tempo. “Em alguns momentos é mais difícil, mas não dá para descuidar do lado pessoal”, acredita.

Não foi sempre assim. “Esse equilíbrio foi fruto de aprendizado. Sou muito workaholic e lutava contra a ansiedade e a dificuldade para dormir”, conta. Com a ascensão na hierarquia, os problemas aumentaram. “Ser presidente é ser bombeiro: vivo apagando incêndios”, diverte-se. Para lidar com as dificuldades, Oliveira apostou na corrida, o que inclui a participação em duas maratonas. “A prática de exercícios me ajudou a dormir e isso me reequilibrou”, lembra. Hoje, sua atividade física preferida é o triatlo.

OLHO NO OLHO

A outra motivação para a transformação foi a paternidade. “Ser pai mudou muito minha forma de encarar a vida. Não abro mão de acompanhar o crescimento das minhas filhas”, explica. O café da manhã com as gêmeas, de 11 anos, é sagrado. “Consigo engatar uma conversa com elas que dura até a hora em que as deixo na escola”, diz. Ex-baterista de uma banda que montou com os amigos, Oliveira também toca teclado com uma das meninas. Nas refeições, o celular fica de lado, porque ele faz questão de dar espaço para o bate-papo olho no olho.

Cuidar da mente foi a maneira encontrada para ganhar produtividade no trabalho. A terapia tem status de religião. Além disso, Oliveira fez três anos de aulas de meditação e até hoje pratica para se concentrar. “Às vezes, uso cinco minutos da hora do almoço para parar e meditar”, diz. Na liderança dos subordinados, busca maneiras de tornar as reuniões mais produtivas e, portanto, mais curtas. “Na Lew’Lara criei um totem para celulares do lado de fora da sala”, relata. Foi uma forma de estimular a participação e aumentar a assertividade. O executivo também incentiva que os funcionários não negligenciam a vida pessoal. “O conceito de publicitário que vara a noite está equivocado”, defende. “O equilíbrio é a chave para o sucesso”, garante.

 

Fonte: Revista Desenvolve SP – edição 6, p. 44


Receba notícias e informações sobre o Canal do Empresário