MEIs precisam atualizar dados cadastrais para receber carnês em casa


02/06/2014 - Portal do Sebrae-SP

A partir deste mês, os quase 1 milhão de microempreendedores individuais (MEIs) do Estado de São Paulo vão começar a receber, via Correios, o boleto de cobrança mensal no endereço cadastrado. Com isso, eles não precisarão mais imprimir as Guias pela a internet.

O objetivo da ação, desenvolvida pela  Secretaria da Micro e Pequena Empresa, é diminuir o índice de inadimplência em todo o País que já chega a quase 60% (dados da Receita Federal).

Segundo o Sebrae-SP, o envio do boletos via Correio será uma ação importante para a queda da inadimplência, já que nem todos os cadastrados têm acesso à internet para a impressão das guias.

“Mas para que os Microempreendedores Individuais recebam de forma correta os boletos é fundamental que eles estejam com os dados cadastrais atualizados, como a documentação correta e endereço atualizado no Portal do Empreendedor”, alerta o diretor técnico do Sebrae-SP, Ivan Hussni.

A categoria de Microempreendedor Individual engloba profissões como costureira, pintor, cabelereira, manicure, pipoqueiro, entre outras. O endereço do Portal do Empreendedor para a atualização cadastral dos MEIs é (http://www.portaldoempreendedor.gov.br/ ).

Atenção para os boletos falsos

Com o início da emissão dos boletos, via Correios, para os Microempreendedores Individuais, associações e entidades fantasmas podem aproveitar a oportunidade para enviarem boletos falsos, o chamado “golpe do boleto”.

O Sebrae-SP alerta sobre a ação de golpistas e recomenda que antes de efetuar o pagamento de um boleto desconhecido, procure o Sebrae ou um contador. “Essas entidades fantasmas ganham dinheiro na desinformação dos empreendedores. Após cair no golpe e realizar o pagamento, dificilmente o empresário terá o seu dinheiro de volta”, lembra Ivan Hussni.

Para quem está com dúvidas sobre cobrança, o Sebrae-SP mantém um serviço de atendimento gratuito pelo 0800 570 0800. Ele funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Quem preferir pode ir pessoalmente a um dos 33 escritórios do Sebrae-SP espalhados pelo Estado (endereços no www.sebraesp.com.br).

Envelopes de cobrança

No envelope enviado para o MEI, é importante verificar o brasão do Governo Federal na frente e observar o remetente “Secretaria da Micro e Pequena Empresa” no verso.

Ao abrir o envelope, é possível ler a carta de apresentação do Carnê da Cidadania do MEI.

Vale lembrar que débitos anteriores à competência de maio de 2014 (vencimento em junho) não estão contemplados neste carnê, eles precisaram ser impressos no Portal do Empreendedor.

Quem pode ser MEI

– Empresário com faturamento de até R$ 60 mil/ ano em atividades como costureira, pintor, cabeleireira, manicure, pipoqueiro, entre outras.

– Não é sócio nem titular de outra empresa

– Pode ter apenas um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria

Fonte: http://radio.sebraesp.com.br/index.php/42-noticias/empreendedorismo/12528-meis-precisam-atualizar-dados-cadastrais-para-receber-carnes-em-casa


Receba notícias e informações sobre o Canal do Empresário