Começando a empreender depois da aposentadoria


14/11/2018 - Canal do Empresário

Quem foi que disse que aposentadoria é sinônimo de ociosidade? É cada vez maior o número de brasileiros que começam a empreender depois do 60 anos, seja para complementar a renda da aposentadoria ou seja para buscar realização profissional.

De acordo com dados da edição de 2014 do Global Entrepreneurship Monitor – levantamento mundial que mede o nível de empreendedorismo em cada país – no Brasil, 8% dos empreendedores iniciais (aqueles que menos de 3 anos de existência) estão na faixa etária de 55 a 64 anos. Esse número chega a 1,3 milhões de pessoas. Em 2002 este percentual era 6%.

Vários fatores contribuem para chegada desse tipo de empreendedor no mercado. Quando se trata de gerenciar o próprio negócio, experiência nas mais diversas áreas conta e muito. Além disso, sabemos que a maturidade nos deixa mais confiante e pronto para fazer algumas apostas que talvez os mais jovens hesitem bastante.

Além disso, se manter ativo e produtivo pode fazer toda diferença na qualidade de vida desse tipo de empreendedor. Claro que é importante levar em consideração um segmento de negócio que equilibre o seu tempo e sua aposentadoria, por mais que você ainda esteja apto a produzir, nada impede que também possa gozar dos prazeres da aposentadoria.

Então, uma boa dica para quem quer empreender na melhor idade é unir uma paixão, ao conhecimento profissional – e de vida – além de usufruir da ampla rede de relacionamento. Com essa combinação é possível que esteja nascendo um novo negócio de sucesso.


Receba notícias e informações sobre o Canal do Empresário