6 dicas para empreendedoras que também são mães


17/04/2014 - Exame.com | PME

Camila Farani, especialista em empreendedorismo feminino, afirma que o mais importante é ter metas e foco

Por Camila Farani

Editado por Camila Lam

Se você é mãe e empreendedora, parabéns! Você faz parte de um grupo de pessoas que tem o perfil diferenciado, afinal não é qualquer um que pode cuidar de uma empresa, família, filhos, e tudo ao mesmo tempo. Além disso, sabemos que empreender requer persistência e muita dedicação. Não é pra qualquer um.

Felizmente, é fato de que as mulheres estão empreendendo mais. E o motivo principal é a busca por mais flexibilidade no dia a dia. A boa notícia é que o momento é propício para nós mulheres empreendermos. Hoje, no Brasil, cerca de 45% dos pequenos negócios são administrados por mulheres. De acordo com dados do Sebrae, há cerca de sete milhões de mulheres com seu próprio negócio no país, um número 21,4% maior do que há dez anos. Desse total, 70% têm filhos.

Nos Estados Unidos, as mães empreendedoras se tornaram uma realidade há mais tempo. Lá foi criado o termo mompreneurs, um neologismo com as palavras mom (mãe) e entrepreneurs (empreendedor).

Porém, as mompreneurs precisam tomar cuidado com algumas armadilhas. A mulher brasileira é uma das que menos faz networking, segundo a pesquisa GEM (Global Entrepreneurial Monitor), e o networking é essencial para qualquer pessoa e mais ainda para empreendedores que dependem de apoio para desenvolver seus negócios.

Para americana Jennie Wong, autora do livro Ask the Mompreneur: Small Business Advice on Starting and Growing Your Own Company, o principal erro talvez seja começar um negócio por impulso, sem um plano de negócio, sem entender se existe uma oportunidade efetivamente e desconhecer o seu cliente. A questão é descobrir antes o que seu cliente precisa e só então direcionar seu negócio para essa demanda, já profetizava Steve Blank e sua famosa modelagem de negócios, Costumer Development.

Outra que dá a dica é a empreendedora mãe, Sheryl Sandberg, chefe operacional do Facebook. No seu livro, “Faça Acontecer”, ela conta que teve que focar. Traçar uma meta, ir atrás do sonho e tentar ser a melhor naquele nicho. Sua definição de sucesso é: “Fazer as melhores escolhas e assumi-las”. Veja outras dicas para empreendedoras que também são mães.

1. Não basta ter uma ideia. É preciso planejamento e execução.

2. Esqueça o mito da “Mulher Maravilha”. Não dá pra assumir tudo. Monte uma equipe e delegue.

3. Controle seu fluxo de caixa. Transforme seu negócio em algo realmente profissional.

4. Crie uma rotina e separe os momentos de trabalho e de lazer com os filhos.

5. Fique atenta ao mercado e as oportunidades. Pesquise sobre seus concorrentes diretos e indiretos

6. Faça networking. Fique atenta aos eventos de empreendedorismo e de sua área e interaja com pessoas do seu meio. Rede de relacionamento é a palavra de ordem agora e sempre.

Camila Farani é CEO do Grupo Boxx, focado em alimentação, e co-fundadora do Mulheres Investidoras Anjo.

Fonte: http://exame.abril.com.br/pme/6-dicas-para-empreendedoras-que-tambem-sao-maes/


Receba notícias e informações sobre o Canal do Empresário